Carregando...
A carreira de Jornalismo segundo alunos da ESAMC.
  • A carreira de Jornalismo segundo alunos da ESAMC.

    Em comemoração ao dia do jornalista, que é celebrado no dia 07 de abril, conversamos com atual e ex-alunos da ESAMC sobre a carreira e o mercado de trabalho na área.

    Iniciamos o nosso bate-papo com o aluno, Josué Roupinha Junior, de 23 anos, graduado na ESAMC Campinas em 2017.

    O que te fez escolher a carreira de jornalista?
    No primeiro artigo que escrevi a um jornal impresso, comecei com a seguinte citação do dramaturgo Tom Stoppard: “Eu ainda acredito que, se o seu objetivo é mudar o mundo, o jornalismo é uma arma mais imediata de curto prazo.”. Essa citação resume bem quem eu sou: ansioso e, através das palavras, com vontade de mudar o mundo. 


    O que te fez escolher a ESAMC para fazer jornalismo?
    Diferente das outras Instituições, a ESAMC traz o aluno mais próximo da realidade que é o mercado de trabalho. Foge do padrão de jornalismo que todo mundo conhece e aplica um conceito mais contemporâneo do que é o mercado de comunicação hoje em dia, seja em Propaganda e Marketing, Jornalismo ou Relações Públicas. 


    Ter se formado na ESAMC ajudou de alguma forma a entrar no mercado de trabalho, fez diferença?
    Na realidade, ter me formado na ESAMC trouxe a certeza de que eu estava pronto para o mercado de trabalho, visto que o método de ensino dos professores está muito ligado a cases reais vivenciados por profissionais já atuantes no mercado de trabalho. 


    A ESAMC te incentivou de alguma maneira, como?
    De início, eu ainda tinha uma visão mais ‘tradicionalista’ do jornalismo e a ESAMC (os professores) fez com que eu mudasse essa minha visão, no sentido de me adequar ao mercado de trabalho, bem como às suas tendências.


    O quanto a formação na ESAMC te ajuda no dia a dia no trabalho, faz diferença?
    Atualmente, curso o último semestre no MBA Executivo da ESAMC, em Marketing Digital, e trabalho nessa mesma área, então tenho aplicado todo o conteúdo aprendido no meu dia a dia profissional. 


    Soubemos que você faz MBA na ESAMC, qual você faz e qual o motivo de ter optado por ele?
    Conforme disse acima, atualmente trabalho com Marketing Digital e senti a necessidade de fazer uma pós-graduação na área, a qual está em constante crescimento e, claro, a especialização é um diferencial no mercado de trabalho.


    Como é o dia a dia no seu trabalho na área de digital?
    Atualmente, além de realizar trabalhos junto à comunidade, manter contato com a imprensa, gravar e editar vídeos, fazer a diagramação de jornais, panfletos, folders, entre outros, realizo toda a gestão das redes sociais que temos, desde a produção de conteúdo, posicionamento nos buscadores, perfil de usuário, SAC e entre outros.


    Como ele influencia nos acontecimentos da cidade?
    São pelos meios citados acima que a população de Campinas, principalmente, tem acesso às atividades parlamentares realizadas pelo Parlamentar com o qual trabalho.


    Você recebe muitas solicitações de melhorias em Campinas, como é o processo?
    Sim, diariamente. Campinas tem muitas demandas. Enquanto um morador do Cambuí, por exemplo, questiona a Prefeitura sobre o aumento do IPTU, por exemplo, há moradores de regiões mais periféricas que nos procuram em busca de asfalto e esgoto. Com relação ao processo de atendimento às solicitações, ele é muito diferente e varia de caso para caso. Mas por exemplo: em uma ocupação de área, faz-se necessária a Regularização Fundiária do local, para que o mesmo tenha, por direito, todos os direitos e deveres de um bairro legalizado. O primeiro contato acontece com os moradores, muitas vezes presencial ou via Messenger ou WhatsApp, para levantar as demandas necessárias, depois com a Prefeitura juntamente com a Secretaria competente para a execução daquele serviço) e, atendida a solicitação daquela região, faz-se necessária a publicação da mesma através das plataformas digitais e offline.


    Josué ainda falou sobre a monografia produzida para a conclusão do curso de Jornalismo, “o tema da minha monografia foi‘TRANSFEMINISMO: A SUBVERSÃO DA MULHER TRANSEXUAL CONTEMPORÂNEA DO ESTADO DE SÃO PAULO’. E esse foi um dos momentos em que me senti realmente um jornalista, pois tive que pesquisar muito sobre o assunto, entender a História da Sexualidade, bem como as questões que se desdobraram depois disso para, enfim, entrevistar as mulheres transexuais e transfeministas. Digo isso para que os futuros jornalistas lembrem-se do quão importante é estudar a fundo sobre qualquer tema que queiram falar - bem como no ‘pensar ’ na forma em que o tema será tratado e escrito -, pois a nossa função é informar para transformar”, conclui.


    Como um jornalista foi parar na graduação por falta de diploma
    Outro aluno da ESAMC Campinas que conversamos é João Roberto Mian, que tem uma vasta experiência como jornalista esportivo.
    Mian tem 43 anos e cursa Publicidade e Propaganda, das matérias eletivas optou por fazer Jornalismo para obter a bi titulação. De acordo com ele, a escolha veio da área em que atua: “sou jornalista com MTB de experiência, mas precisava do diploma para trabalhar em uma grande empresa do meio”, conta.

    Beto acrescenta que a opção pelo curso de jornalismo foi justamente para correr atrás do seu sonho de trabalhar em um dos maiores canais esportivos do Brasil, “eu tive a oportunidade entrar, mas não fui chamado por não ter o diploma na área, que era exigido pela emissora”.
    Apesar disso, a carreira de Mian é bastante concreta. Já passou pelo cargo de gerência da Jovem Pan de Campinas e hoje atua no site Ponte News, importante canal que liga o time da Ponte Preta com sua torcida, como repórter de campo.
    Ele também acrescenta que optou em fazer ESAMC pela mescla entre a graduação e negócios, de acordo com ele, esse diferencial é importante para o jornalista atual: “o profissional precisa ter conhecimento de mercado para ser reconhecido”. Beto também disse que a faculdade o incentivou a fazer um MBA, “vou continuar como aluno da ESAMC após a minha graduação, pois tenho todo conhecimento que adquiri aqui me ajudou a crescer como pessoa e profissional”, disse. 



    Se você ficou interessado pelo curso de Jornalismo da ESAMC, acesse o nosso site e conheça a grade que oferecemos.

Matérias Relacionadas
Receba por email