Carregando...
O papel do Engenheiro Ambiental no desenvolvimento sustentável do planeta.
  • O papel do Engenheiro Ambiental no desenvolvimento sustentável do planeta.

    Embora seja um curso relativamente novo nas universidades e faculdades do Brasil, a Engenharia Ambiental começou a dar seus primeiros passos em 05 de junho de 1972, quando ocorreu a 1ª Conferência Mundial sobre Meio Ambiente em Estocolmo, na Suécia.  A preocupação com o meio ambiente já ganhava destaque na época, assim como a necessidade de profissões que aplicassem novas técnicas para proteger o meio ambiente. 

    A forma acelerada como o mundo está evoluindo e o modo como à tecnologia revoluciona o estilo de vida da população, também traz alguns problemas. Analisando a linha do tempo entre de 1900 a 2000 a população mundial passou de 1,65 bilhão para os 7,6 bilhões atuais. E se a estimativa da ONU se mantiver até 2030 seremos 8,6 bilhões de pessoas habitando o planeta. Com o crescimento da população a quantidade de resíduos, alimentos necessários e a poluição gerada, tende a aumentar na mesma velocidade em que novos processos e máquinas são necessários para atender o alto consumo.

    E justamente por esse motivo que o termo sustentabilidade se tornou o foco de muitos projetos nos últimos anos, pois é preciso imaginar e criar condições de abrigar vida na Terra evitando ou reduzindo o impacto do aquecimento global e outros fenômenos naturais que ao longo dos anos vem sendo agravados pela ação do homem.

    Um dos diferencias da Engenharia Ambiental para as outras carreiras correlacionadas é que ela tem o papel de planejar, coordenar e administrar projetos relacionados ao meio ambiente, visando todos os aspectos que contemplem tanto a natureza como a população. 

    Voltando os olhos para o Brasil e analisando a recente crise hídrica, os graves problemas de acesso aos serviços de saneamento básico e a tragédia de Mariana, podemos perceber que os profissionais da área terão muito trabalho pela frente.  Seja no setor público ou privado o engenheiro ambiental pode atuar em diversas áreas como: saneamento, gestão as águas, saúde pública, manejo ambiental ou na área de pesquisa e energias renováveis. Afinal, cabe a eles a missão desenvolver projetos que garantem o bem estar da população ao mesmo tempo em que contribuem de forma sustentável para o meio ambiente, suprindo as demandas de outros setores da economia.

Matérias Relacionadas
Receba por email